29 dezembro 2022

Ranx

Por Fora do Plástico

De Stefano Tamburini e Tanino Liberatore
192 páginas
Comix Zone | 2022
Tradução: Rogério de Campos

Ranx é daquelas histórias que precisam ser necessariamente analisadas diante de seu contexto e sua importância. O momento italiano pós-1977, as revoltas estudantis e o movimento punk estão intrinsecamente relacionados à criação de Stefano Tamburini, que depois foi (literalmente) encorpado pela arte fascinante de Tanino Liberatore. É esse contexto que explica o excesso de violência, o cenário retorcido e bestial das histórias ou seu ímpeto transgressor.

Ranxerox é um andróide construído por um estudante, a partir de peças de uma máquina de Xerox. Ele é perdidamente apaixonado por Lubna, uma menina de 12 anos, precoce e debochada, dependente de heroína. Essa premissa, por si só, já causa desconforto, mas a isso ainda se somam os impulsos do robô, que não mede esforços para agradar sua amada. Violência gratuita, sexo explícito, exageros e uma Itália feita de junkies povoam as sete histórias, sem muito senso de continuidade.

É importante dizer que há um incômodo inevitável nessa leitura. Os autores realmente levam ao extremo os nossos pudores e por vezes tudo soa errado demais. Cada capítulo apresenta uma trama inconsequente, em que coadjuvantes tresloucados vão sendo acrescentados. Há algumas histórias realmente boas, dentro daquilo que é a proposta de Ranx, como é o caso de “Feliz Aniversário, Lubna” e “Ranx em Nova York”. Outras parecem apenas maluquices politicamente incorretas.

A arte de Liberatore, o Michelangelo da contracultura, colabora muito para a narrativa. Em seus traços, Ranx se torna ainda mais feroz, bestial… Profano. As cores também são fundamentais para ressaltar o ambiente caótico de degradação social em que a trama está inserida.

É notável que o objetivo principal era escancarar uma descrença no futuro, afinal, a realidade de Ranx é completamente torpe. Nesta sátira de costumes, republicada pela Comix Zone, o amor é uma falha de sistema do andróide, a infância foi corrompida, os abusos são rotina. É possível se divertir com essas aventuras? Alguns dirão que sim, mas para nós não é tão fácil. O que é inegável é que Ranx atinge seus principais objetivos: nos perturbar e corromper qualquer resquício de moralidade.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado