5 outubro 2022

Questão: As Mortes de Vic Sage

Por Fora do Plástico

De Jeff Lemire, Denys Cowan e Bill Sienkiewicz
200 páginas
Panini Comics | 2021
Tradução: Rodrigo Oliveira

Questão é um personagem que já foi redefinido diversas vezes, mas sua essência sempre foi mantida: o combate à corrupção em Hub City. Em Questão: As Mortes de Vic Sage, Jeff Lemire aproveita do constante renascimento do personagem para criar uma aventura noir detetivesca, que brinca com suas “vidas passadas”.

Vic Sage é a figura pública de Questão, o herói sem rosto. Em uma de suas missões, ele descobre que sua luta contra o submundo é mais antiga do que imagina. Dessa forma, com ajuda de um conhecido, Questão vai reviver suas outras encarnações, de épocas distintas, para descobrir seu propósito na luta entre o bem e o mal, como também para enfrentar o mal encarnado.

Dividida em quatro partes, a minissérie tem uma atmosfera sobrenatural. A narrativa tem uma construção nebulosa e o modo como ela é contada não ajuda os leitores que não são familiarizados com o personagem. Várias perguntas são levantadas, poucas respondidas. Outro ponto é que, ao longo dos capítulos, sentimos que a história vai perdendo força, até chegar a um final precipitado. De certo modo, em Gideon Falls, que tem uma narrativa similar, com viagem no tempo e vilão sobrenatural, Jeff Lemire foi muito mais feliz.

Os desenhos ficam a cargo de Denys Cowan, que tem como arte-finalista ninguém menos que Bill Sienkiewicz. A arte é bem impactante, com várias linhas, expressões desgastadas que refletem o universo sujo e sombrio da história.

Não que todo quadrinho de herói precise funcionar para quem desconhece o personagem, mas Questão: As Mortes de Vic Sage tem mais chances de cativar o leitor habituado ao protagonista. Uma leitura que é mais bem-sucedida pela “homenagem” ao herói sem rosto do que pela reflexão que Lemire busca propor.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado