26 dezembro 2022

Normal

Por Fora do Plástico

De Helena Cunha
100 páginas
Independente | 2022

Clarinha só queria ser “normal”, como todos ao seu redor. Queria deixar de só ter olhos para Júlia, sua melhor amiga. Queria que Deus escutasse suas preces. Em Normal, seu novo quadrinho, Helena Cunha, a autora do ótimo Boa Sorte, escreve uma história que ela mesmo gostaria de ter lido, enquanto crescia.

Com uma mãe religiosa e conservadora, a protagonista Clarinha se angustia por sua sexualidade e busca não só reprimi-la, mas consertá-la. Só que, por mais que ela reze, Deus parece não ouvir. É com uma cena de Chucky, o Boneco Assassino, na TV, que a menina tem uma ideia: apostar no outro extremo, e fazer o mesmo pedido ao demônio. É assim que entram em cena Abel e Val, dois enviados do inferno que precisam resolver um outro problema, que teria consequências catastróficas.

 

Helena Cunha é criativa, ao trazer um olhar diferente para a temática. Normal é um quadrinho sobre autoaceitação, mas que chega a esse resultado por um caminho diferente. Um caminho que envolve humor, misticismo, religião e até contornos políticos. No entanto, mesmo com uma proposta inventiva, a obra está longe de ter a profundidade de Boa Sorte, que lidava com questões ainda mais complexas, até por ser mais longo. Em Normal, as soluções são fáceis e a trama acaba sendo apressada em certos momentos.

A arte de Helena segue o estilo que já é conhecido da autora, delicado e com poucos traços. Apesar de os movimentos possam parecer um pouco duros, principalmente nas cenas que exigem mais dinamismo, esse estilo é parte fundamental da identidade da HQ.

Normal é uma leitura agradável e que atinge seu objetivo, ao trazer acolhimento para o leitor. Embora a trama não entregue a densidade que esperávamos, o dilema de Clarinha, que foi (e segue sendo) o mesmo de tanta gente, é tratado com delicadeza e boas doses de criatividade.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado