21 fevereiro 2023

Dora e a Gata

Por Fora do Plástico

De Helô D’Angelo
116 páginas
Independente | 2019

Entre os lançamentos que o ano de 2019 nos trouxe está Dora e a Gata, de Helô D’Angelo. A quadrinista, muito ativa nas redes sociais, onde publica tirinhas frequentemente, é uma voz importante para a conscientização sobre o feminismo. Em sua primeira HQ longa, Helô une várias de suas características como autora, como inserir temas sociais em suas obras.

Dora e a Gata traz o encontro quase predestinado entre uma jovem escritora e uma gatinha abandonada. Dora decide adotá-la, dando ao bichinho um nome no mínimo curioso: “Gata”. Vivendo em um relacionamento abusivo, mas sem se dar conta dos danos dessa relação, a protagonista passa a contar com seu animal de estimação como uma guardiã. É como se Gata previsse o futuro de Dora e a afastasse dos males que atravessam seu caminho.

A história possui bons pontos de virada e uma boa relação entre personagens. Gata definitivamente rouba a cena na HQ. Por outro lado, algumas situações (como a ida de Dora para estudar no exterior após uma série de acontecimentos) nos pareceram ocasionais demais. Algumas coincidências são aceitáveis e plausíveis, claro, outras já nos incomodaram. Um detalhe que também pode ser percebido é a maneira como os temas são apresentados na obra. Embora sejam muito necessários, alguns deles pareceram pouco naturais em meio aos rumos trama.

Dora e a Gata conta com a arte aquarelada de Helô D’Angelo, que funciona bem com seus traços mais caricatos. O resultado disso tudo é uma leitura leve, mas que busca refletir dilemas da nossa sociedade.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado