17 novembro 2022

Almoço

Por Fora do Plástico

De Pablito Aguiar
80 páginas
Arquipélago | 2022

Eliane Brum é uma das mais consagradas jornalistas brasileiras, conhecida principalmente pela sensibilidade de suas reportagens. Com uma carreira premiada, Eliane resolveu se aprofundar em sua relação com a Amazônia, criando a Sumaúma – Jornalismo do Centro do Mundo, direto de Altamira, no Pará, onde hoje vive. É dessa casa no meio da floresta que a jornalista abre as portas para Pablito Aguiar, e para nós leitores, na HQ Almoço.

Uma oportunidade de conhecer a Eliane que mora por trás da profissional e como esses aspectos íntimos influenciam seu fazer jornalístico. O quadrinho se passa exatamente no período da preparação do almoço, uma bela panela de feijão, que é a comida preferida da escritora. Vemos, em detalhes, como ela corta os alimentos, como tempera, como nutre com a comida uma relação afetiva. Essa é uma Eliane pouco vista e Pablito consegue trazer essa intimidade sem parecer invasiva. É com muito respeito que entramos na cozinha e vemos esse almoço ser preparado.

Apesar de curta, a obra é muito efetiva na mensagem que busca passar e cumpre bem o seu propósito. Sentimos que aquela conversa, retratada quadro a quadro com sensibilidade, nos levou a conhecer melhor a autora, suas lutas pessoais e profissionais; as motivações para se mudar para a floresta; suas reflexões sobre o jornalismo e o outro. Está tudo ali, em uma leitura gostosa, leve, em que o quadrinista se oculta, para que vejamos a casa, a floresta, Eliane, a partir de seus olhos.

A arte segue o que Pablito Aguiar adota como seu estilo pessoal, econômico nos traços, mas preciso naquilo que busca retratar. É uma arte que pode parecer simples, ao primeiro olhar, mas é bem formulada tanto na narrativa quanto na composição.

Publicado pela editora Arquipélago, Almoço é o jornalismo pensado e sentido. É uma HQ que expõe significados por trás das missões da profissão, sem romantizá-la, mas atenta ao seu papel social. E mais ainda: é a oportunidade de termos uma conversa gostosa com uma das maiores jornalistas do país. Sim, TER uma conversa e não assistir, ou acompanhar. Porque essa é a sensação que Almoço transmite.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado