18 novembro 2023

21 Porque Me Sinto Péssimo

Por Fora do Plástico

De Jãovito
40 páginas
Mino | 2023

21 Porque Me Sinto Péssimo é a estreia de Jãovito nos quadrinhos. Um slice of life com ótimas cenas e diagramação fluida, a obra segue Bruno, um jovem que está em um momento decisivo de sua vida. Ou talvez nem tanto. Os desafios de um jovem no mercado de trabalho e as relações interpessoais, sobretudo do protagonista com o pai que nunca o criou, moldam o desenvolvimento dessa história.

Bruno decide sair do emprego, um local de onde não carrega boas lembranças. Um dente trincado poderia ser sinal dessa pressão? Pedir demissão não é fácil e passar os dias que se seguem sem as obrigações do trabalho, tornam a rotina do rapaz mais lenta. Até que outra situação afeta Bruno: uma ligação de Roberto, seu… pai. Ele queria conversar e os dois até marcam um encontro. Mas essa relação pai e filho nunca existiu, de fato. Bruno não tem pai, mesmo que tenha metade da carga genética de Roberto.

Jãovito nos coloca na mente desse rapaz em conflito. Não o conhecemos de fato, apenas aquilo que podemos observar dos seus diálogos com as amigas e de alguns dos seus pensamentos. Isso casa completamente com o conceito menos direto da HQ. O quadrinista não se propõe a contar uma “história completa”. Reflexo disso é o visual com poucos quadros e imagens, que se fundem como em uma colagem. Sem dúvidas, a arte de 21 Porque Me Sinto Péssimo é seu ponto alto e é bastante impressionante para um primeiro trabalho. Ao mesmo tempo, algumas passagens podem deixar o leitor confuso. Uma desvantagem do roteiro menos convencional, aliado à diagramação também incomum.

Parte do projeto Narrativas Periféricas, lançado pela editora Mino, o quadrinho mostra mais um talento bastante convincente. Jãovito não tem medo de ousar, o que traz, na nossa visão, benefícios e alguns problemas para a história contada. O resultado é um primeiro trabalho corajoso e inventivo.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado