3 setembro 2022

Pássaro Branco

Por Fora do Plástico

De R.J. Palacio
224 páginas
Intrínseca | 2022
Tradução: Rachel Agavino

R.J. Palacio é uma consagrada autora de literatura. Extraordinário, seu best-seller, foi publicado em 50 idiomas, vendeu milhões de cópias e foi adaptado para o cinema. Agora, ela faz sua estreia nos quadrinhos, não apenas escrevendo, mas também desenhando. Em Pássaro Branco temos uma história ficcional – embora os acontecimentos da época sejam reais – de uma criança judia se escondendo dos nazistas, durante a Segunda Guerra Mundial.

A trama começa nos dias atuais, com um jovem fazendo uma chamada de vídeo com sua avó. Ele quer ajuda para uma tarefa escolar, na qual ele precisa escrever uma redação sobre alguém que conhece. Assim, o garoto pede para sua avó, que sobreviveu à França ocupada na Segunda Guerra Mundial, contar sua experiência de vida como uma menina judia naquele período.

Como uma boa introdução para jovens leitores ao Holocausto como fato histórico, Pássaro Branco toca em questões importantes. No entanto, peca no roteiro telegrafado e em resoluções forçadas. É um quadrinho que tem seu charme, mas, ao mesmo tempo, existe um clima de “eu já vi isso antes, e melhor”, o tempo todo. Dito isso, não podemos negar que a HQ cumpre o que se propõe: ser uma leitura introdutória do tema para o público infanto-juvenil.

A arte de R.J. Palacio tem traços mais simples. Seus cenários contam com poucos detalhes e os personagens são pouco expressivos. Destaque para as cores de Kevin Czap, que são bem bonitas.

Embora seja descrito como uma expansão do universo dos livros da autora, você não precisa ter lido Extraordinário para compreender Pássaro Branco. Em resumo, o quadrinho, publicado no Brasil pela Intrínseca, traz uma história bonita e comovente, mas nada diferente do que você já tenha visto antes.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado