11 setembro 2022

O Cão Que Guarda as Estrelas

Por Fora do Plástico

De Takashi Murakami
Vol.1 132 páginas / Vol.2 200
JBC | 2021
Tradução: Denis Kei Kimura

Com duas histórias que seguem a mesma temática e que se conectam, os mangás O Cão Que Guarda as Estrelas e O Outro Cão Que Guarda as Estrelas prometem, logo na capa, cativar o leitor. Takashi Murakami entrega tramas que mesclam drama e reflexões, em um roteiro que dá voz aos animais que protagonizam as histórias.

Em O Cão Que Guarda as Estrelas, o cãozinho Happy é adotado por uma família, mas, após uma série de mudanças, termina sendo cuidado apenas por aquele a quem ele chama de “papai”. O homem, que perdeu o emprego passou por um processo de separação, não é um personagem carismático, mas a maneira como ele se envolve com o animal acaba conquistando o leitor. Já em O Outro Cão Que Guarda as Estrelas temos a história do irmão de Happy, mais frágil e doente, que acaba sendo adotado por uma senhora, tão frágil quanto. Chamada pelo cão de “vovó”, a mulher, rabugenta e pouco afetuosa, acaba aprendendo muito a partir desse encontro.

Assim como nos famosos “filmes de cachorro”, os animais são conscientes do mundo ao seu redor e se comunicam com seus donos, apesar de não ser uma comunicação verbal. É como se o leitor acompanhasse os pensamentos dos cãezinhos. As duas histórias também têm um tom de fábula, transmitindo ao longo da trama ensinamentos e suscitando reflexões. No entanto, há um aspecto dramático em ambos os mangás que pode não agradar a todos os públicos.

Perfeitas para os apaixonados por animais, O Cão Que Guarda as Estrelas e O Outro Cão Que Guarda as Estrelas são histórias sobre a amizade genuína entre os cães e o ser humano. Há uma pureza nessas duas narrativas, representada pela figura dos dois cãezinhos protagonistas, que garante uma leitura leve mas não menos emocionante.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado