7 setembro 2022

Morro da Favela

Por Fora do Plástico

De André Diniz
128 páginas
Leya | 2011

É através da história de vida de Maurício Hora que André Diniz apresenta, no quadrinho Morro da Favela, o dia a dia de uma comunidade, sob um ponto de vista humano e condizente com a realidade. Muito além de trazer discussões sobre a violência e a pobreza, mais do que mostrar um jovem vencendo na vida, em meio às adversidades. Esta HQ é uma declaração de amor de Hora às raízes, à vida na favela. Um quadrinho que questiona a imagem que a sociedade tem do morador da periferia, principalmente das comunidades.

Diniz faz uma biografia de Maurício, fotógrafo que nasceu e cresceu no Morro da Providência, no Rio de Janeiro, considerada a primeira favela do Brasil. Da infância à vida adulta, dos momentos difíceis com a família ao descobrimento da fotografia como meio de transformação social, temos as memórias do protagonista numa trama que, mesmo transitando pela violência, não busca chamar atenção para isso em si. O objetivo aqui é evidenciar a identidade do local – os moradores da comunidade, seus trabalhos, seu cotidiano – e afastar o estereótipo.

Grande parte do mérito de Morro da Favela reside em seus diálogos e em como o autor busca levantar as questões sociais. Essa construção ocorre principalmente quando Diniz fala sobre o preconceito com o morador da comunidade e da imagem desse cidadão perante a sociedade. Assim, os estereótipos são desmistificados pelo roteiro muito bem conduzido pelo quadrinista.

Na arte, tivemos dificuldade em identificar alguns personagens ao longo da história. Achamos muito parecidos. No entanto, seu estilo de traço e a angulação dos cenários nos agradam bastante. Destaque também para o uso de luz e sombras, que funcionou muito bem na obra.

Publicado originalmente em 2011 pelo selo Barba Negra, da editora Leya, Morro da Favela é uma ótima obra pelo realismo ao trazer uma perspectiva de dentro das comunidades do Brasil. É com justiça que a HQ é um dos quadrinhos brasileiros que mais rodou pelo mundo, com edições em Portugal, França, Inglaterra e Polônia.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado