8 setembro 2022

Lanterna Verde: Setor Final, Vol.1

Por Fora do Plástico

De N. K. Jemisin e Jamal Campbell
144 páginas
Panini Comics | 2021
Tradução: Marilia Beatriz

Infelizmente, quando começamos a nos envolver com a trama de Lanterna Verde: Setor Final, a primeira parte da história já estava terminando. Com roteiro da premiada escritora N. K. Jemisin e desenhos de Jamal Campbell, a HQ tem conceito e ambientação bem interessantes, mas peca no ritmo em que o conteúdo é transmitido ao leitor. A autora exagera na quantidade de informações que são jogadas de uma só vez, o que, para nós, acabou mais atrapalhando do que ajudando a imersão na leitura.

Somos apresentados a Sojourner “Jo” Mullein, uma nova Lanterna Verde, que vem patrulhando a Cidade Duradoura, localizada num ponto distante do universo. Lá, por conta de um “anulador” de emoções, a paz tem sido mantida por centenas de anos, até que um assassinato acontece e desencadeia uma série de discussões entre os habitantes e a política local. Como a população de Duradoura é formada por alienígenas de espécies diferentes, forçadas a coabitarem o mesmo espaço, porque seus planetas originais foram destruídos, existe muita desconfiança. E é neste mundo que Jo precisa mergulhar para sua investigação.

Como comentamos, apesar da premissa ser convidativa, o início da história pareceu afobado. A autora queria situar o leitor no que estava acontecendo e acabou se perdendo no ritmo da HQ. Ficamos alguns capítulos sem entender onde a trama iria nos levar. Porém, é preciso destacar que Jemisin trabalha bem o clima de mistério. Ela faz com que o leitor desconfie de tudo e, à medida que a investigação vai acontecendo, discussões que vão muito além do crime inicial são colocadas em pauta.

A arte Jamal Campbell é incrível, adoramos seu traço. O universo criado e as cores foram pontos que nos fizeram insistir no quadrinho, mesmo quando ele pareceu desinteressante.

A primeira parte de Lanterna Verde: Setor Final despertou sensações contraditórias em nós. Se por um lado ficamos decepcionados durante parte da leitura, por outro, a HQ nos deixou intrigados quando a trama passou a fazer “mais sentido”. Agora, é esperar o segundo (e último) volume para saber a conclusão disso tudo.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado