28 fevereiro 2023

Homem Aranha: Azul

Por Fora do Plástico

De Jeph Loeb e Tim Sale
168 páginas
Panini Comics | 2019
Tradução: Jotapê Martins

Um quadrinho que diverte e emociona na dose certa. Homem Aranha: Azul, de Jeph Loeb e Tim Sale, apesar dos inúmeros vilões que aparecem aqui, é basicamente focada na intimidade de Peter Parker. Temos uma história que não se preocupa tanto no lado herói do protagonista e, sim, no relacionamento com a garota que ele gosta. Uma perspectiva que aproxima muito o leitor da obra, uma história muito pessoal, que adiciona camadas ao protagonista.

Em meio ao caos de sua vida, Parker conhece Gwen Stacey e nesta HQ, contada na forma de flashback, temos uma história de amor sobre o início de um relacionamento. O roteiro de Loeb traz muita sensibilidade e um ar nostálgico, de um filme clássico. A leitura é rápida e mesmo não focada em ação, temos boas cenas de batalha com um punhado de inimigos clássicos do Homem-Aranha. Porém, o roteirista não trabalha tão bem os motivos que levaram Parker a se apaixonar, isso nunca fica claro. Outra abordagem que nos incomodou foram alguns diálogos muito bobos, principalmente, nas conversas com Mary Jane, personagem também apresentada neste gibi. Já as ilustrações de Tim Sale são um dos pontos altos do quadrinho, com cores vibrantes e um traço bem bonito.

Homem Aranha: Azul é uma leitura imprescindível para aqueles que são fãs do teioso. Ao final desta HQ nos sentimos um pouco mais íntimos de Peter Parker, foi uma boa experiência conhecê-lo mais de perto.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado