15 setembro 2022

Guerra do Deserto

Por Fora do Plástico

De Enrique Breccia
56 páginas
Veneta | 2021

Guerra do Deserto, de Enrique Breccia, é um compilado de pequenas histórias ambientadas, em sua maioria, no período da guerra de extermínio contra a população indígena na Argentina. Os conflitos são retratados de forma pontual aqui, a partir da expressiva arte de Enrique.

O quadrinista, filho do grande Alberto Breccia, tem um texto poético, que casa bem com suas pinceladas. Ao abordar o genocídio dos povos indígenas, Enrique resgata uma história pouco contada, a de como a argentina se tornou um país “branco”. Para reforçar todo este contexto, a Veneta traz dois ótimos prefácios, do editor Rogério de Campos e do escritor e jornalista Juan Sasturain. Eles permitem que o leitor observe as histórias com um olhar mais aprofundado naquele período histórico. No entanto, é inegável que, em sua maioria, as tramas parecem um tanto rápidas.

O que fica, ao longo da HQ, é o desejo de ler mais daquelas histórias, saber mais aquilo que se passou. Os dois últimos contos se deslocam dos pampas argentinos, uma se passa no México, durante a Revolução Mexicana, e a outra na Argélia. Em resumo, todos essas histórias, mesmo que curtas, retratam a crueldade dos colonizadores, seja em um canto ou no outro.

O destaque em Guerra do Deserto vai, sem dúvidas, para o traço de Breccia e também para o contexto abordado. Mesmo que as histórias nem sempre empolguem, aprendemos com elas e nos atentamos um pouco mais para um período esquecido, ou melhor, silenciado da história latinoamericana.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado