26 setembro 2022

Fronteiras

Por Fora do Plástico

De Daniel Esteves e Alex Rodrigues
96 páginas
Zapata Edições | 2022

Daniel Esteves e Alex Rodrigues, mesma dupla que assina o ótimo Último Assalto, estão de volta com um novo quadrinho: Fronteiras. Identidade, família e vingança são abordados nesta HQ que, apesar de ter uma premissa sem novidades, apresenta um desfecho surpreendente.

Soledad é uma jovem de Aimará, um povoado isolado e habitado apenas por mulheres. Quando passa a ter idade para saber que sua mãe foi assassinada, ela embarca numa jornada em busca de respostas. A protagonista quer encontrar seu pai, que vive do outro lado da fronteira, em Cristóvão, uma cidade em conflito com Aimará.

O grande plot é que seu pai, Juan, não se lembra de nada. Ele é um veterano de guerra, um herói em Cristóvão, mas não se recorda dos anos que lutou. Por isso, todo processo para desvendar o mistério não é tão simples como pode parecer. Para além de toda essa trama principal, das disputas regionais, temos de forma mais tímida questões culturais e espirituais levantadas. Sem contar os dilemas criados pelo contraste de costumes.

Mesmo que explore tudo aquilo que se propõe, Fronteiras peca em seu desenvolvimento. A trama tem um ritmo muito acelerado, o que resulta em saltos desnecessários, personagens tomando decisões pouco críveis dentro daquele contexto. Impactando, assim, no aprofundamento das subtramas.

As ilustrações de Alex Rodrigues funcionam bem. Destaque para os detalhes nas expressões dos personagens e no cenário. A arte conta ainda com colaboração de Wanderson de Souza, em algumas páginas.

Publicado pela Zapata Edições, não há como negar que Fronteiras fica aquém de Último Assalto. A HQ pode deixar a desejar pelo desenvolvimento apressado, que faz com que você se importe muito pouco os personagens, mas ainda assim funciona como um bom entretenimento.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado