8 setembro 2022

Che

Por Fora do Plástico

De Héctor Oesterheld, Alberto Breccia e Enrique Breccia
96 páginas
Comix Zone | 2021
Tradução: Jana Bianchi

Che Guevara é, sem dúvidas, um dos maiores símbolos revolucionários que conhecemos. Sua fotografia tirada por Alberto Korda foi e segue sendo reproduzida à exaustão. Para além do mito, podemos conhecer mais sobre Che na republicação da Comix Zone para a biografia em quadrinhos do revolucionário argentino, feita a seis mãos por Héctor Oesterheld, Alberto Breccia e seu filho, Enrique Breccia.

Com um tom poético, mesclando os diários de Che com os acontecimentos de sua vida, Oesterheld nos apresenta a vida de Guevara desde a infância, entrecortando o passado com momentos do guerrilheiro na Bolívia, pouco antes de ser capturado e executado. Como não há spoilers para fatos históricos, sabemos onde a trajetória de Ernesto Rafael Guevara de la Serna levaria, porém, ainda assim, é encantador caminhar seus passos, pelo texto do roteirista.

Às vezes, Oesterheld mistura as pessoas verbais, como se Che falasse conosco em seu diário. Em outros momentos, o escritor argentino faz poesia, trazendo o seu próprio ideal de um mundo mais igualitário, de uma América Latina livre do imperialismo e das ditaduras, para a boca do revolucionário biografado.

Tudo isso ganha mais força por meio do pincel dos Breccia. Uma arte com um belíssimo contraste entre preto e branco. Mais estática, como se capturasse os flashes que tornaram Guevara um ícone pop. Há poucos diálogos e muitos recordatórios, e a arte é fundamental para fazer desta uma HQ mais poética do que as biografias tradicionais.

Che Guevara é, sem dúvidas, uma figura icônica. Amado ou odiado, ele marcou o século XX com seu espírito revolucionário. O que é incrível nesta HQ não é necessariamente a história de um dos líderes da revolução cubana, mas, sim, a maneira como essa história é contada e o que ela simbolizou.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado