13 março 2023

Castro

Por Fora do Plástico

De Reinhard Kleist
288 páginas
8INVERSO | 2011
Tradução: Margit Neumann e Michael Korfmann

Ainda jovem, Fidel Castro já demonstrava sua indignação com as relações tradicionais de poder e a divisão dos lucros, na fazenda de seu pai. O líder cubano foi uma das personalidades mais amadas e odiadas do século XX e um marco para a história do país. Em Castro, de Reinhard Kleist, podemos conhecer mais de perto suas controvérsias.

O quadrinista foge das biografias tradicionais ao trazer a narrativa para outro personagem, que não é o biografado. Nosso protagonista pode até ser Fidel Castro, mas o nosso confidente é Karl Mertens, fotógrafo alemão que vai a Cuba para sentir na pele o clima da revolução cubana. Assim, vamos, ao lado de Mertens, conhecendo as principais fases da vida do líder revolucionário e daqueles que conviveram com ele, como seu irmão Raul Castro e o marcante Che Guevara.

A narrativa flui bem, mas em determinados momentos sentimos que as transições pareciam muito bruscas, sem grande preocupação em situar o leitor. A arte de Kleist, já conhecido por nós pelo excelente O Boxeador, é soberba. O jogo de luz e sombra dá uma profundidade ímpar para a HQ, mesmo que alguns personagens sejam difíceis de distinguir devido à semelhança dos traços. A ambientação também é bem cuidadosa e nos transporta para desde as florestas cubanas ao centro de Havana.

Kleist também se destaca ao não poupar o biografado. Aqui, vemos Fidel cru, com seus traços mais humanos, mas também mais autoritários. Cuba realmente foi revolucionada por Castro, Che e tantos outros homens e mulheres e é exatamente isso que podemos observar nesta graphic novel. Um trabalho histórico cuidadoso, em que podemos ver o quanto é difícil desassociar a história de Castro da do país que governou por tantas décadas.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado