26 dezembro 2022

Roses N’ Guns

Por Fora do Plástico

De Gabriel Arrais e Thiago Ossostortos
100 páginas
Independente | 2022

Roses N’ Guns é uma viagem alucinante, em que cada virada de página pode te reservar uma surpresa. Gabriel Arrais e Thiago Ossostortos criam uma trama que convence o leitor a embarcar no seus absurdos. E convencidos, não queremos mais parar de ler.

O ano é 1999. Rodrigo acaba de se formar na escola de cadetes da polícia militar. Ele recebe de presente dos amigos de batalhão de seu falecido pai uma arma fria, usada nos assassinatos do grupo de extermínio do qual seu pai fazia parte. Porém, no mesmo dia, Rodrigo já perde a arma, que vai parar nas mãos da travesti Rosa. Em paralelo a isso, três amigos planejam fazer um assalto a uma locadora, por motivos financeiros e pessoais. Essa é apenas a ponta dessa espiral de acontecimentos que se encadeiam.

Apesar de muitos personagens e duas linhas temporais (uma apenas focada na vida e morte de Theodoro), Roses N’ Guns jamais se perde. As histórias vão sendo costuradas com um humor escrachado, que se adequa bem aos próprios ambientes retratados. Inclusive, a ambientação é um dos pontos altos aqui. Os personagens têm voz, origem, trejeitos, características únicas, por isso é tão fácil embarcar nessa viagem. Eles parecem gente de verdade, por mais absurdas que as situações em que estão envolvidos pareçam. Vale lembrar que essa é uma história voltada para o público adulto, ou seja, não nos poupa nada.

 

Uma trama muito urbana, protagonizada por figuras que são antagônicas, no enredo e socialmente. É que, apesar de ser um quadrinho que provoca o leitor pelo humor, ele faz críticas ácidas aos modelos de poder vigente.

Na arte, Thiago Ossostortos alterna entre dois estilos para diferenciar as duas linhas temporais. Dinâmicos, seus traços focam muito nas expressões e, por mais que não seja perceptível em um primeiro momento, ele foca também nos detalhes, para caracterizar os personagens.

Roses N’ Guns é uma história muito bem contada, do começo ao fim. Além de trazer um retrato social, esse é um quadrinho que transforma essas estruturas de poder, enquanto nos deixa com um sorriso no rosto, pensando na maluquice que acabamos de ler.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado