14 setembro 2022

Wolverine e Destrutor: Fusão

Por Fora do Plástico

De Louise Simonson, Walt Simonson, Jon J. Muth e Kent Williams
208 páginas
Panini Comics | 2021
Tradução: Mario Luiz C. Barroso

Wolverine e Destrutor: Fusão é um daqueles quadrinhos que, mesmo após tanto tempo de sua publicação, continua sendo uma leitura extremamente divertida. Uma história de ação que ao primeiro olhar pode aparentar ser simples, mas que é muito bem contada. Publicada originalmente em 1988, a obra transita entre temas como amizade e relacionamentos, com um tom de espionagem que paira sobre a HQ.

O quadrinho tem um roteiro direto, de Louise e Walt Simonson, extremamente intenso do começo ao fim, com uma trama que usa eventos reais da época para criar seu plot. Além disso, a obra ainda conta com a exuberante arte de Jon J. Muth e Kent Williams.

Ambientada na segunda metade dos anos 80, pós-tragédia de Chernobyl, a HQ acompanha Logan e Alex durante uma viagem de férias ao México, onde acabam sendo alvo de terroristas russos, que pretendem controlar o Destrutor e usar seus poderes para o mal. A trama tem ótimo ritmo e é muito bem conduzida. Ao longo de boa parte da HQ, os personagens estão separados e grande parte do charme da obra está aí. Jon J. Muth e Kent Williams brincam com seus estilos, Muth desenha o Destrutor e Williams o Wolverine e seus estilos vão se entrelaçando, com a interseção da história.

Mesmo com referências à época, a HQ está longe de ser uma obra presa a seu tempo. É uma ótima leitura mesmo mais de 30 anos depois. Um quadrinho de heróis focado no público adulto por suas camadas e pelo estilo das ilustrações, mas que também não deixará de agradar o público mais jovem pelo clima de ação e aventura.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado