Publicado em

Tina: Respeito

De Fefê Torquato
96 páginas
Panini Comics | 2019

Sensível, mas ao mesmo tempo incisivo e preciso, Tina – Respeito, de Fefê Torquato, entra para o rol de Graphics MSP que ressignificam seus personagens. Além de uma jovem inteligente, cheia de sonhos, como nos quadrinhos de Mauricio de Sousa, a Tina de Fefê é uma mulher empoderada, em busca de seu espaço. Na HQ, acompanhamos o primeiro dia de trabalho da recém-formada jornalista e seus desafios, que vão muito além das pautas e da correria cotidiana.

O assédio no ambiente de trabalho, que Fefê cuidadosamente insere em seu roteiro, é uma realidade comum que precisa ganhar mais espaço nos quadrinhos. Assim, a voz feminina de Tina conversa perfeitamente com tantas mulheres que sofrem com o machismo diário, sem deixar de lado a leveza da Turma da Mônica. Seja com a presença de Rolo e Pipa, ou com as aquarelas delicadas da autora, Tina – Respeito mantém o equilíbrio entre a sutileza e a precisão de seu tema.

Fefê também consegue inserir a pluralidade em seu quadrinho e dá protagonismo a personagens negras e LGBT, inserindo-as em papéis importantes para a trama. O cuidado da quadrinista também está nos diálogos, bem arrematados e, em certos momentos, reflexivos.

Cheio de atitude, Tina – Respeito repete o feito de Jeremias – Pele e se torna uma Graphic MSP necessária. É essencial que temáticas como essa sejam abordadas nos mais diversos meios. Afinal, nada melhor do que uma personagem que vem sendo acompanhada por tantas gerações para dar voz à luta feminina.