Publicado em

Kanikosen – O Navio dos Homens

De Go Fujio (Adaptando livro de Takiji Kobayashi)
192 páginas
Veneta | 2021
Tradução: Drik Sada

Escrito por Takiji Kobayashi em 1929, o romance Kanikosen – O Navio dos Homens é considerado um clássico da literatura proletária japonesa. Uma obra com enorme valor histórico e social, que se torna ainda mais impactante quando descobrimos que a publicação custou a vida do autor. Kobayashi foi torturado até a morte pelo Estado Imperial Japonês em 1933, aos 29 anos. Mais de 70 anos após a publicação original, o mangaká Go Fujio fez uma adaptação do romance, cumprindo a importante função de levar a obra para outra mídia. Consequentemente, Fujio contribuiu para a difusão dessa história, que permanece com um discurso vivo e atual.

Acompanhamos o dia a dia de centenas de trabalhadores a bordo do navio Hakuko Maru, um “barco-fábrica” de pesca de caranguejo, onde os tripulantes vivem em condições desumanas e são explorados e humilhados pelos patrões. Quem está ali não teve outra escolha. É a única alternativa para muitos desempregados, pequenos comerciantes, camponeses e jovens pobres. Relatando as dificuldades desse grupo de pessoas, o quadrinho é uma crítica explícita ao capitalismo, à exploração e ao poder abusivo dos patrões. Com trabalhadores morrendo por maus tratos e desnutrição, a tripulação logo percebe que precisa se juntar para reivindicar seus direitos.

O texto de Kobayashi escancara como a sociedade não mudou. A luta de classes, o desejo predatório da indústria, o capitalismo doentio, são problemas ainda presentes e que não estão perto de acabar. A vida humana nesse meio não importa.

 

Go Fujio é ótimo em transmitir para o leitor a mesma aflição dos tripulantes. Suas ilustrações contribuem para esse tom da narrativa e durante a leitura é possível sentir aquela atmosfera sufocante. Contudo, para nós, algumas transições de cenas no mangá são abruptas. Não ao ponto de te tirar da trama, mas que não deixam de causar incômodo.

Publicado pela Veneta, que traz um ótimo material complementar em sua edição, Kanikosen – O Navio dos Homens é um quadrinho muito importante, que aborda uma temática que segue atual e necessária, mesmo tantos anos depois.