Publicado em

SkyMasters da Força Espacial

De Jack Kirby e Wally Wood
412 páginas
Pipoca & Nanquim | 2020
Tradução: Dandara Palankof

Depois de muita expectativa, é chegada a hora de ler SkyMasters da Força Espacial, 50° lançamento da editora Pipoca & Nanquim. Assinado por Jack Kirby e Wally Wood, com a parceria dos roteiristas Dave e Dick Wood, a HQ traz a essência nostálgica de uma era marcada pela corrida espacial. É surreal pensar que um tema em voga até hoje foi discutido com tanta propriedade nos anos 50 e 60. O resultado é um quadrinho muito bom de ficção científica, bem à frente do seu tempo.

Acompanhando as missões de Major Sky Masters e sua equipe, a HQ tem roteiro bem direto ao ponto e sem grandes extravagâncias. A primeira metade se inicia explorando a relação da equipe, com histórias divertidas que beiram ao heroísmo e que focam nas possibilidades espaciais. Por mais que o protagonista não seja um personagem que o leitor se apegue fácil, o enredo te conquista pelo desenvolvimento, pela experiência em te deixar curioso para saber o que está por vir. Vale destacar a impressionante arte nesta primeira parte, um traço que traz consigo muitos detalhes no cenário.

No entanto, da segunda metade em diante do quadrinho, a qualidade da impressão cai bastante. Como a nota do editor antecipa, essa queda é por conta da qualidade dos arquivos originais, uma vez que, a obra foi publicada entre os anos 1958 e 1961. Isso afeta principalmente os detalhes que, como comentamos, antes eram marcantes na HQ, e devemos confessar que acabou nos dispersando um pouco da leitura.

Um grande resgate histórico, SkyMasters da Força Espacial é um quadrinho que chega com acabamento especial, como uma HQ desse porte merece. Porém, de fato, apesar de todo esse pioneirismo na temática, essa é uma leitura que pode não agradar tanto leitores casuais.