Publicado em

Laura Dean Vive Terminando Comigo

De Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell
304 páginas
Intrínseca | 2020
Tradução: Rayssa Galvão

Um quadrinho adolescente como todos os quadrinhos adolescentes deveriam ser. Laura Dean Vive Terminando Comigo, de Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell, não subestima o leitor e entrega uma história impactante, mas ao mesmo tempo, com o frescor da juventude. A trama gira em torno do relacionamento de idas e vindas entre Freddy, nossa protagonista, e sua namorada Laura Dean. Um retrato bem conduzido de uma das várias faces de um relacionamento tóxico.

Mariko Tamaki entrega um roteiro muito bem ritmado em que relacionamentos LGBTQI+ são tratados com muita naturalidade. Um ponto positivo da obra e que acrescenta uma boa dose de representatividade, e mostra que qualquer relação, independente da orientação sexual, pode ser abusiva. A autora também é sensível ao abordar os sentimentos de Freddy, que se vê presa a Laura Dean, mudando sua rotina e se afastando de seus melhores amigos para se aproximar da namorada, que, por outro lado, não corresponde o esforço.

Laura Dean Vive Terminando comigo também é uma trama sobre responsabilidade afetiva e, por isso, é uma obra perfeita para jovens leitores, que assim como a protagonista, ainda estão descobrindo o que é estar ao lado de alguém e os limites de uma relação. Porém, mesmo que tenha esse tom “teen” a obra é muito recomendada para leitores maduros, como são todas as boas histórias.

Aliado ao cuidadoso roteiro de Tamaki a HQ conta com a arte belíssima de Rosemary Valero-O’Connell, que nos encantou com painéis elaborados, equilibrados com “respiros” em branco. A ilustradora aposta no preto e branco e num tom de rosa delicado, como a própria trama. A narrativa visual é muito bem conduzida e isso, sem dúvidas, colabora para o ritmo da HQ.

Lançada no Brasil pela Intrínseca, Laura Dean Vive Terminando Comigo é uma história necessária, representativa e que nos transborda de empatia durante a leitura. Um quadrinho que vai muito além da trama adolescente para falar de amizade, respeito e da preciosidade do autoamor.