Publicado em

O Ditador Frankenstein

De Julio Shimamoto
202 páginas
MMarte | 2019

Julio Shimamoto é uma lenda viva dos quadrinhos brasileiros. Após o espetacular Cidade de Sangue, lançado em 2018 em parceria com Márcio Jr, estávamos curiosos com a publicação de O Ditador Frankenstein, uma coletânea que reúne 12 HQs desenhadas por Shimamoto, 11 delas publicadas entre 1978 e 1982. Infelizmente, o quadrinho não nos surpreendeu como imaginávamos.

Com um trabalho de resgate histórico muito louvável por parte da editora MMarte, a obra é pertinente pelos tempos de sombrios em que estamos vivendo, representando, através de histórias de terror, as atrocidades cometidas por Estados autoritários. Apesar disso, foram poucas histórias que nos fisgaram, talvez pelo roteiro truncado e confuso na maioria dos contos.

A arte de Shimamoto oscila entre as tramas, e em algumas histórias é difícil identificar o que realmente está acontecendo. Como obra, O Ditador Frankenstein é um quadrinho importantíssimo pelo resgate histórico de um dos principais quadrinistas brasileiros, porém uma leitura que não correspondeu às nossas altas expectativas.