Publicado em

O Filho Mau

De Carol Sakura e Walkir Fernandes
104 páginas
Independente | 2020

Certamente sua família tem alguma história marcante que é quase como um mito nas memórias das diferentes gerações. E, claro, como tudo na vida, cada um possui sua ótica sobre aquilo. Em O Filho Mau, Carol Sakura utiliza de um fato de família, que a autora ouviu da avó durante cafés da tarde, para trazer para o leitor uma trama que se constrói em uma linha entre o real e sobrenatural.

A HQ funciona como uma história verídica revestida de ficção, abordando a convivência da avó da autora com seus pais e irmãos na infância, principalmente, focando no ato violento do irmão da avó, que matou o próprio pai. Além da relação da avó com esse irmão, o quadrinho narra como essa situação respingou ao longo do tempo, criando uma trama cercada de silêncio e incompreensão. Carol conduz muito bem a narrativa, evocando uma atmosfera em que nada é literal, deixando a cargo do leitor algumas interpretações.

Esses elementos dramáticos já seriam o suficiente para fisgar quem está lendo, mas O Filho Mau ainda conta com ilustrações bem bonitas do Walkir Fernandes, que rendem uma narrativa muito eficaz. O visual criado por Walkir e a ambientação sombria e cinematográfica são pontos positivos que capturam a angústia dos personagens através do tempo.

Financiada pela Prefeitura de Curitiba e pela Fundação Cultural de Curitiba, a obra tem distribuição gratuita na capital paranaense, até a primeira tiragem se esgotar. Pessoas de outros estados podem solicitar um exemplar entrando em contato com os autores (marcados na publicação) e será cobrado apenas o valor do frete. Após o término da primeira tiragem, uma nova impressão será feita e essa, sim, será comercializada.

O Filho Mau é uma das grandes surpresas no cenário nacional de quadrinhos em 2020. Uma obra que aborda um drama familiar trágico, com uma narrativa de terror psicológico, deixando o leitor completamente envolvido durante e após a leitura.