6 setembro 2022

O Rumor da Geada

Por Fora do Plástico

De Jorge Zentner e Lorenzo Mattotti
128 páginas
Figura | 2022
Tradução: Ernani Ssó

Lançamento da editora Figura, Rumor da Geada pode ser uma história que não captura o leitor desde o primeiro momento. O texto autoanalítico, quase murmurante, de Jorge Zentner pode não ser tão atraente quanto os painéis belíssimos de Lorenzo Mattotti, mas vale a pena se manter firme na leitura. A junção desses dois grandes nomes traz como resultado uma obra contemplativa, onírica em que arte e texto, separados pelos recordatórios, se casam, se completam, mas nunca se repetem.

Samuel sofre desde que se separou de Alice. O motivo do término foi um desejo da moça, um desejo que o deixou paralisado pelo medo. Ela queria ter um filho. Agora, Samuel tem dificuldade de afastar os fantasmas daquele medo e também daquela relação. Até que Alice o escreve dizendo que precisa revê-lo. Assim, o homem parte para encontrar aquela que um dia foi seu grande amor.

Essa é uma trama, evidentemente, sobre medos. Mas também sobre maturidade, sobre individualismo e, claro, sobre amor. O tempo todo estamos sendo guiados pelos pensamentos de Samuel, que nos conta essa história, enquanto reflete. Sua personalidade egocêntrica e seu comportamento muitas vezes mesquinho são nítidos para nós que o acompanhamos e isso, curiosamente, enriquece a obra. Ao mesmo tempo, Mattotti nos faz deslizar pelos quadros (sempre fixos) e por suas cores. Sua arte é o que torna as alegorias do roteiro mais expressivas e complexas.

Nessa mistura de ensaio, análise psicológica e obra de arte, O Rumor da Geada nos faz pensar no ruído dos nossos próprios medos. Essa pode não ser uma HQ para todos, mas se você aprecia quadrinhos com uma abordagem mais confessional ou íntima, recomendamos mergulhar nesse trabalho de Zentner e Mattotti. Uma história que nos provoca, inclusive, a relê-la em momentos distintos da vida.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado