14 outubro 2023

Filhos de Alhambra: As viagens de Alexandre Ícaro

Por Fora do Plástico

De Paco Roca
64 páginas
Conrad | 2023
Tradução: Claudio Martini

Embora seja considerado um dos principais quadrinistas espanhóis da atualidade, Paco Roca não produziu somente obras excepcionais ao longo dos quase 30 anos de carreira. E, convenhamos, isso é mais do que natural. Tudo bem que é difícil pegar uma HQ do autor e não criar certa expectativa, mas, já adiantamos, “Filhos de Alhambra: As viagens de Alexandre Ícaro”, é uma obra que fica algumas prateleiras abaixo das outras publicadas por aqui.

Em meados do século XIX, o pintor francês Alexandre Ícaro decide visitar Alhambra, uma fortaleza muçulmana em Granada, na Espanha, atraído pelos contos escritos por Washington Irving. Não demora o viajante, que só queria desenhar o que encontrasse pelo caminho, se envolver em um mistério repleto de assassinatos.

Paco Roca não hesita em brincar com produções de aventura, em que o herói busca por um tesouro mítico, numa trama que guarda ainda conspirações, segredos e maldições. O autor utiliza bem a base histórica ao combinar elementos documentais e ficcionais, o que faz com que a edição contenha também material extra contextualizando o conflito religioso da região.

Por outro lado, o quadrinista encontra uma solução simplista para o suspense criado, comprometendo-se também nos diálogos pouco naturais e na apressada construção da relação dos personagens. É uma HQ que parece não ter brilho próprio, procura se sustentar nas fórmulas do gênero, mas acaba entregando uma aventura monótona, que infelizmente não empolga em nenhum momento.

O traço, embora bem funcional, é distante daquele que veríamos nos quadrinhos mais consagradas de Roca, e que foi naturalmente tomando forma ao longo dos anos. O destaque, na arte, vai para os cenários bem detalhados e exuberantes. Já o tratamento de cor causa estranhamento, principalmente a iluminação nos rostos dos personagens.

Não é por se afastar dos dramas que este quadrinho fica aquém das demais obras de Paco Roca. Concebido para o mercado francês como uma série, no início dos anos 2000, e publicado no Brasil pela Conrad, Filhos de Alhambra: As Viagens de Alexandre Ícaro parece uma história que já vimos ser contada inúmeras vezes, só que muito pouco inspirada.

Não perca nada

Siga nossas redes

Carrinho atualizado